• Rua Dr. Vieira Bueno, 156 – Cambuí, Campinas – SP
  • Fone: 19 3762 1122
  • Whatsapp: 19 97409 7641

BLOG

Consumo Consciente: como ter um guarda-roupas sustentável?

23.Nov.2018

A Santa separou ótimas dicas para você ajudar o planeta e sair do ciclo do consumo exagerado.

O mundo está mudando. Enquanto muitos poluem o planeta e tornam a situação da nossa natureza cada vez mais ameaçadora, outros encontram justamente nessa falha a oportunidade de fazer o diferente. Dentre esse turbilhão de desperdício, o mercado da moda merece destaque.

A cultura fast-fashion é ameaçadora. A cada coleção, tendências são renovadas. O público, incentivado por esse fluxo, muitas vezes descarta peças pouquíssimo utilizadas, ou soma ao seu guarda-roupas mais dezenas de peças. Como resultado, vem o acúmulo desnecessário. Hoje, sabemos que a indústria têxtil é uma das que mais poluem o planeta. O nylon, por exemplo, demora aproximadamente 50 anos para ser decomposto e isso é só a ponta do iceberg que nos faz começar a pensar além.

Afinal, com tudo isso em vista, como falar de um consumo consciente? Se isso é possível? A resposta é sim! Separamos abaixo um passo a passo do consumo consciente. Vem com a gente.

 

  • Primeiro passo para um consumo consciente | apoie marcas com uma boa relação com o meio ambiente.

Parece fácil, mas poucas marcas realmente têm uma boa relação com o meio ambiente.

Isso, porque essa preocupação deve se estender da escolha dos materiais à contratação da mão de obra. Não é de hoje que vemos casos de marcas relacionadas ao trabalho escravo, certo?

Vale lembrar que a Santa Costura valoriza a mão de obra local e sempre está atenta a materiais que sejam eco-friendly. Por sinal, se você ainda não conhece a Linha NEO da Santa, vale conferir!

  • Segundo passo para um consumo consciente | pare ou reduza suas compras em fast-fashions.

Pode parecer difícil não o fazer, mas apoiar marcas que trabalham com produção massiva é extremamente danoso ao meio ambiente. A quantidade de resíduos geradas por essas empresas é ameaçadora. Isso, claro, é compreendido das sobras de coleções ao nosso próprio descarte, quando novas tendências chegam. O desperdício de materiais também é uma realidade preocupante desse tipo de comércio.

A conta é fácil: troque quantidade por qualidade. Ao invés de comprar peças com tendências passageiras, opte pelas atemporais. Uma boa dica é se perguntar: “quantas vezes e por quanto tempo eu vou usar essa peça?”. Se a resposta for “com frequência e por mais de um ano”, vá em frente!

 

  • Terceiro passo para um consumo consciente | monte um guarda-roupas atemporal

Se você se preocupar com os passos anteriores, vai tirar este de letra. Comprando em lojas amigas do meio ambiente você certamente terá peças atemporais. Isso significa que são lindas e atuais, independente da estação. Assim, você evita comprar roupas efêmeras e que saem de moda como um piscar de luzes das passarelas.

As peças da Santa são lindas e superatemporais! Já conferiu nossas coleções?

 

  • Quarto passo para um consumo consciente | cuide e reinvente suas roupas.

Quando sabemos que vamos doar ou descartar uma peça logo, não tomamos tanto cuidado com a durabilidade dela. No entanto, se a ideia é o consumo consciente, tratar da durabilidade é palavra de honra. Portanto, atente-se às recomendações de lavagem e guarde suas peças adequadamente.

Outra dica valiosa é fazer pequenos reparos quando as roupas apresentarem desgastes leves. Botões caídos, pequenos furinhos e outros ajustes são básicos. Assim, você também ajuda as costureiras locais. Mais um ponto para a valorização do trabalho de quem precisa!

  • Quinto e último passo para um consumo consciente | programe seus gastos

Para compor um guarda-roupas atemporal, saiba que qualidade e durabilidade devem ser contabilizados na ponta do lápis. Por isso, planeje seus gastos. Ao invés de comprar sempre e peças mais baratas, compre com mais consciência. Peças de mais qualidade, normalmente têm um valor mais elevado. No entanto, a durabilidade é inegável e a longo prazo, são um negócio e tanto!

 

  • E por falar em consumo consciente, e a Black Friday?

A Black Friday é mais um movimento polêmico. Perto da data que desponta entre as mais voltadas para o consumo em todo o mundo, o Natal, a Black Friday incentiva a compra massiva e por impulso. Nesse dia, que se estende muitas vezes a semanas, milhares de consumidores invadem as lojas buscando a oportunidade perfeita. Ou, por outro ponto de vista, a desculpa perfeita para acumular ainda mais itens. É pensando em tudo isso que a Santa não tem e não incentiva a Black Friday. 

 

Quem vem com a gente na luta por essa causa de amor e respeito a nós e ao planeta?

#consumoconsciente #blackfriday #sctp

Comentários

Gostou da matéria? Deixe aqui seu comentário ou dicas sobre o assunto.

X

Bem-vindo!

CADASTRE-SE E GANHE 10% DE DESCONTO NA PRIMEIRA COMPRA

*ao clicar no botão enviar, envie o codigo acima para o nosso WhatsApp.