• Rua Dr. Vieira Bueno, 156 – Cambuí, Campinas – SP
  • Fone: 19 3762 1122
  • Whatsapp: 19 97409 7641

BLOG

SCTP - Fashion Revolution 2018

13.Apr.2018

 

A moda é uma força a ser considerada e a Santa te convida a ajudar nessa revolução!

Pode ser aquele vestido que ocupa espaço no guarda-roupas há um tempo ou a blusa de algodão que você está vestindo agora. A questão que a gente coloca aqui é: você sabe quem fez suas roupas? Se você já é nossa cliente provavelmente a resposta será sim e, em muitos casos, pode vir acompanhada de um "sim, já até conversei com essa pessoa e ela é incrível". Isso deixa a gente verdadeiramente feliz! Mas não queremos que essas relações sejam a exceção no mercado da moda, e sim a regra - ou pelo menos o ponto de partida. Nós, da Santa, acreditamos que a transparência é fundamental para a construção de um processo mais justo e sustentável na cadeia produtiva - e nada mais transparente do que conhecer e valorizar as pessoas envolvidas em todo esse contexto. E nenhum mês é mais simbólico para falar sobre esse assunto do que abril: o mês em que acontecem as ações do Fashion Revolution Day.

O Fashion Revolution Day é um movimento criado por um conselho global de líderes da indústria da moda sustentável que se uniram depois do desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh no dia 24 de abril de 2013, que deixou 1.133 mortos e 2.500 feridos. No lugar, funcionava uma fábrica de tecidos, onde trabalhadores exerciam suas atividades sem mínimas condições e cumprindo cargas horárias abusivas. A campanha surgiu com o objetivo de aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto em todas as fases do processo de produção e consumo, mostrando ao mundo que a mudança é possível por meio de conexões mais transparentes.

E como você pode fortalecer esse movimento?

Além de ir mais a fundo para conhecer quem faz suas roupas e todas as pessoas envolvidas no processo, é importante repensar o consumo, a compra desenfreada e sem consciência - que estimula a desvalorização do ser humano dentro da cadeia produtiva, alimenta a desigualdade e a exploração de mão de obra. Por isso, optar por uma quantidade menor de roupas mas que sejam versáteis e tenham uma cadeia produtiva justa é um caminho.

Além dos desequilíbrios sociais causados pela consumo desenfreado de moda, o desperdício de recursos gerado nesse processo é outro ponto crítico - e consumindo com mais critério você colabora para que menos matérias- primas sejam desperdiçadas. Aqui na Santa, essa é uma preocupação diária. Já fizemos uma coleção cápsula inteira reutilizando lonas e redes de pesca descartadas no fundo do mar, projeto lindo que encheu a gente de felicidade!

Gostamos de estar em movimento e de utilizar a moda para fazer o bem, gerar significado e valor. E para esse mês de Fashion Revolution não poderia ser diferente. Por isso, confeccionamos especialmente para esses dias algumas necessaires exclusivas - feitas com sobras de tecidos utilizados por aqui em nossas peças! A ideia foi mais uma vez combater o desperdício e utilizar a criatividade para reaproveitar e apostar em sustentabilidade na prática, que sempre norteia nosso trabalho.


O mais gratificante? Quando você investe em uma dessas necessaires, além de apoiar a lógica de produção sustentável e fortalecer essa cadeia, também está ajudando outras mulheres: É que o valor de cada peça vendida será revertido para o projeto Um Novo Olhar, da Associação Plantando Esperança! Eles trabalham com meninas de 7 a 10 anos propondo atividades onde elas aprendem finanças, moda, artesanato e diversas outras habilidades que estimulem a autoestima, a troca e a convivência em comunidade - e permita que cada uma delas reconstrua sua história.

As necessaires estarão a venda à partir do dia 16/04 na nossa loja e também via WhatsApp - com estoque limitado.

Além dessa ação, você também pode se envolver e participar dos diversos eventos que acontecerão em todo o país. Acesse a página do Facebook do Fashion Revolution Brasil e acompanhe a agenda da cidade mais próxima de você.

A campanha acontece também nas mídias sociais e você pode participar postando uma selfie com a etiqueta de sua roupa aparecendo e na legenda, a pergunta: “Quem fez minhas roupas?”. Use as hashtags oficiais  #FashionRevolution  #QuemFezMinhasRoupas? e ajude na conscientização.

 

Vamos juntas usar a moda para fazer o bem? Esperamos vocês para fazermos essa revolução positiva!

 
 
 

#fashionrevolution #fashionrevolutionbrasil #slowfashion #sustentabilidade

Comentários

Gostou da matéria? Deixe aqui seu comentário ou dicas sobre o assunto.

X

Bem-vindo!

CADASTRE-SE E GANHE 10% DE DESCONTO NA PRIMEIRA COMPRA

*ao clicar no botão enviar, envie o codigo acima para o nosso WhatsApp.